• Quem pode aderir à Sociedade de São Vicente de Paulo?

    Pode aderir à Sociedade de São Vicente de Paulo quem quiser traduzir em actos a mensagem que Jesus Cristo nos deixou:

    "Amai-vos uns aos outros como Eu vos amei."

  • Como se pode colaborar com a Sociedade de São Vicente de Paulo?

    Pode fazê-lo do seguinte modo:

    - aderindo à nossa Conferência;
    - contribuindo com géneros alimentares, roupa, ofertas monetárias (NIB: 0035 0826 00000 6904 3103), entre outros...

Professor Carlos Azevedo

1950-2010

No pretérito dia 29 de Novembro de 2010 partiu para junto do Pai o Confrade Vicentino Carlos Azevedo. Durante 40 anos dedicou-se às causas vicentinas, serviu Deus encarnado nos irmãos mais frágeis que Ele visitava, ajudava e acarinhava. Foi, é e será sempre um grande exemplo e uma referência para todos os Vicentinos e para a comunidade em geral, pois deu testemunho de Fé em gestos e obras, sempre com espírito de Justiça e Caridade.

Perdeu-se um grande nome dos Vicentinos e um homem de grande Esperança, Fé e Amor ao próximo mas o seu legado nunca se perderá.

Carlos Azevedo entrou para o movimento vicentino com apenas 20 anos, em 1970. Exerceu ao longo da sua caminhada vicentina várias funções incluindo a de Presidente e fez um pouco de tudo na Sociedade de S. Vicente de Paulo – Conferência de S. Martinho de Bougado.

Além das obras de rua que ajudou a edificar ao longo dos anos também tinha o dom de bem saber transcrever as suas ideias para o papel. Foi convidado para participar como orador no Congresso Vicentino, da Sociedade de S. Vicente de Paulo – Conselhos Centrais do Porto em 27 de Outubro de 2002. Apresentou o tema a “Fundação e Revitalização de Novas Conferências”.

Destacamos algumas das frases emblemáticas do seu discurso sobre a temática abordada:

 

“… Queremos Espiritualidade Vicentina, que nos leva pela Oração, pela Meditação, e pela fidelidade ao ensinamento da Igreja, a esforçarmo-nos por ser testemunhas do Amor de Jesus Cristo nas suas relações com os mais desfavorecidos e desprovidos, nos diversos aspectos da vida no dia-a-dia”.

“…citando uma passagem do Evangelho de S. Mateus (9,37-38) “a messe é grande, mas os trabalhadores são poucos. Rogai portanto, Senhor da messe para que envie trabalhadores para a sua messe”.

Nos tempos que correm podemos dizer o mesmo por outras palavras:

Há tanta gente a precisar de Ti Senhor, e eu com tão pouco tempo para Te servir, para trabalhar para Ti, amando o próximo como Tu nos ensinaste a amar.

Como poderei ser trabalhador da Tua messe, se sou tão fragilizado às solicitações e tentações espalhadas pelo universo que gira à minha volta, como Senhor?

Como poderei vencer o comodismo e o egoísmo que se apoderou de mim e me desvia de olhar, de ajudar o meu próximo que tanto de mim precisa?”

“…São as Conferências que vão trabalhar na seara do Senhor e os vicentinos são os operários da messe do Senhor; quando vão ao encontro do pobre, do toxicodependente, do alcoólico, da prostituta, do desempregado de curta ou longa duração, da mãe solteira, da viúva, da família que vive num barraco ou numa habitação degradada, etc. Que enorme seara temos à nossa volta para trabalhar!”

 

Neste momento de dor e sofrimento os Confrades Vicentinos rezam e pedem a Deus paz à sua alma, o consolo espiritual e a força de Jesus à Família e aos seus entes queridos.

A vida não acaba, apenas se transforma.

 

“Os que desejam realmente seguir as máximas de Cristo,

devem ter em grande conta a simplicidade”.

S. Vicente de Paulo

Obrigado Carlos Azevedo, até breve!

Saudações Vicentinas.

Advertisements

2 Respostas

  1. Parabéns aos Vicentinos da Trofa pelo testemunho, e exemplo que dão na assistencia aos que mais precisam, que Deus vos continue a Fortalecer.
    O exemplo do Carlos Azevedo que seja para memória futura, para perdorar.
    Como homens como este,que pelo seu exemplo nos fez animar, não desanimemos, este exemplo que seja mais arrancada. para servir os homens atravéz de DEUS.
    Cumprimentos Alfredo Carriço

  2. Um exemplo de Vida, um exemplo de Fé, um exemplo de Amor…
    Juliana Couto

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: